ULTIMA NOTICIA

Noticia de Cajati e Vale do Ribeira e Baixada Santista e Estado de São Paulo!

segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Projeto qualifica atendimento à primeiríssima infância em Cajati


Projeto Aconchego encerra percurso formativo sobre o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários para o desenvolvimento infantil, com palestra sobre brincadeiras cantadas


A Rede Marista de Solidariedade, por meio do Centro Marista de Defesa da Infância, em parceria com o Instituto InterCement, encerra no dia 23 de novembro as atividades do projeto Aconchego, em Cajati (SP). Na ocasião será realizada a última formação do projeto com o arte-educador, músico e pesquisador sobre as infâncias Nélio Spréa, com o tema “Brincadeiras cantadas”. A formação acontecerá no Auditório do Departamento Municipal de Educação de Cajati.

Durante as formações realizadas no ano, o projeto contribuiu com a qualificação de todos os 40 agentes comunitários do município, 6 profissionais da Educação e 4 da Assistência Social, sobre fortalecimento de vínculos familiares e comunitários e o brincar para o desenvolvimento integral da criança. Aconchego foi o primeiro projeto realizado envolvendo as três áreas (saúde, educação e assistência social) que proporcionou momentos de reflexão e análise de cenário do atendimento à Primeiríssima Infância local, e de planejamento de ações estratégicas conjuntas.

A gerente do Centro Marista de Defesa da Infância, Bárbara Pimpão, destaca que esse é um momento de celebração no qual os profissionais participantes do projeto, que realizam o atendimento às infâncias no município, assumem o compromisso de serem multiplicadores das experiências e estudos desenvolvidos neste percurso.

“Nesse período, foram construídos coletivamente documentos de sustentabilidade para continuidade das ações em defesa do brincar para o desenvolvimento infantil e fortalecimento de vínculos familiares e comunitários, contribuindo com a formação dos profissionais e na qualificação desse atendimento”, explica Bárbara.

Além disso, Bárbara conta que foram elaborados direcionamentos para a realização de oficinas lúdicas durantes as visitas domiciliares feitas por agentes comunitários às crianças de até 3 anos. Estes profissionais, chamados multiplicadores do projeto, articulam ações a serem realizadas com crianças e famílias em 2017 como continuidade da proposta.

De acordo Elthon Rodrigues de Oliveira, Diretor do Departamento de Saúde, o projeto foi importante para o município, pois nem todas as crianças têm acesso ao sistema educacional. 

“Ao oferecer esta formação aos profissionais que estão mais próximos da população, como os agentes comunitários de saúde, o projeto possibilitou uma abordagem que ultrapassa a visão do cuidar em saúde e passa a oferecer um cuidado que oportuniza o desenvolvimento do ser humano como um todo”, declara o diretor.

Resultados do projeto em Cajati

De abril a novembro de 2016, o projeto Aconchego realizou cinco seminários formativos trazendo temáticas relativas ao Desenvolvimento Infantil, Fortalecimento de Vínculos, Direitos da Crianças e ao brincar, com diversos especialistas. Um grupo de trabalho foi formado a partir do projeto, para planejar e discutir a sustentabilidade das ações. Este grupo elaborou propostas para subsidiar a continuidade das ações em 2017.

Outro ganho para a cidade proporcionado pelo projeto foi a confecção de cerca de 700 brinquedos durante os seminários e realização de 154 atividades lúdicas de multiplicação com os profissionais, famílias e crianças nas unidades de atendimento e espaços de apoio como igrejas, parques e centros comunitários.

Estes brinquedos estão e continuarão sendo utilizados pelos profissionais que realizam o atendimento às crianças tendo em vista o desenvolvimento integral destas.

Postar um comentário

VEJA MAIS

Use do formulário ao final na página para mandar seu recado

Nome

E-mail *

Mensagem *