ULTIMA NOTICIA

Noticia de Cajati e Vale do Ribeira e Baixada Santista e Estado de São Paulo!

segunda-feira, 4 de junho de 2018

Depois da falta de gasolina em Cajati agora é a vez do gás de cozinha

Resultado de imagem para imagem de gas de cozinha
A semana passada durante a paralisação dos caminhoneiros a queixa em Cajati era a falta de gasolina. Agora passada a paralisação a falta é do gás de cozinha. Todos os depósitos da cidade não estão funcionando por falta do abastecimento. Ligamos em vários depósitos que nos informaram que não sabe quando vai chegar o gás, mas que a expectativa é que seja tão logo normalizado o abastecimento. 

sábado, 2 de junho de 2018

Cidades brasileiras que já aplicam multas nas pessoas que jogam lixos nas ruas

Foto Francisco Pires de Oliveira

Caminhando pelas ruas da cidade de Cajati percebe-se que há muitos lixos sobre as calçadas  ate nas principais ruas do centro sem falar dos bairros.Entendendo que manter limpo é uma tarefa difícil da prefeitura porque mesmo que tente  manter limpa não consegue  porque a maioria das pessoas não tem educação e jogam lixos nas rua como cascas de frutas e papeis .A solução é criar uma lei que multe quem jogar lixo na rua com isso o problema seria solucionado .Fica ai uma dica aos vereadores do município quem sabe alguém tenha a coragem de fazer alguma coisa Veja algumas cidades que após criaram a lei acabou boa parte do problema de lixo nas ruas.

Cidades brasileiras que já aplicam multas


Alvorada (RS): a menor cidade a aderir, com 180 mil habitantes, cobra multas de R$ 120 a R$ 720;
 
Canoas (RS): multas variam de R$ 120 a R$ 700; Cuiabá (MT): quem infringe a lei, paga de R$ 100 a R$ 900; Joinville (SC): cobra R$ 219 por qualquer infração;
7 milhões de habitantes) cobra multa que variam de R$ 67 a R$ 2.016;
 
Santos (SP): as multas vão de R$ 150 e R$ 1 mil e
 
Teresina (PI): multa única de R$ 100.Novo Hamburgo (RS): multas podem variar de R$ 204 a R$ 4.600; Porto Alegre (RS): a multa varia de R$ 2.600 a R$ 4.221;


segunda-feira, 28 de maio de 2018

Número de aves mortas de fome sobe para 64 milhões devido as greves no Brasil


Resultado de imagem para aves morrendo

A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) calcula em R$ 3 bilhões os prejuízos para o setor, caso a greve dos caminhoneiros em todo o país seja mantida. A entidade prevê que, até quarta-feira, 1 bilhão de aves e 20 milhões de suínos poderão morrer por falta de ração no campo. Até o momento, já morrem 64 milhões de aves em razão de fome ou canibalismo. A estimativa é que o estoque dos animais só poderia ser recuperado em um prazo médio de 60 dias. “A gente apoiou o início da manifestação dos caminhoneiros, mas agora pedimos compreensão. Os animais estão sofrendo e morrendo. Sem falar que a população vai ficar sem as três proteínas mais baratas, que são ovo, frango e carne de porco”, afirmou o vice-presidente da ABPA, Ricardo Santin, que ontem à noite teria encontro com o presidente Michel Temer (MDB) em Brasília. Santin lembrou que o bloqueio das estradas está impedindo o trânsito de carga viva e de ração para os animais. “Em diversos locais, já há falta de insumos e animais estão sem alimentação. Aqueles que ainda contam com estoques, estão fracionando para prolongar ao máximo a oferta do alimento”, diz trecho da nota divulgada pela associação. “A mortandade de animais é iminente e há risco de canibalização. Os reflexos sociais, ambientais e econômicos são imponderáveis”, continuou a nota.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Começa faltar mercadorias em vários municípios e ate os vendedores de ovos sumiram das ruas de Cajati


Resultado de imagem para ovo

A greve dos transportes Rodoviário  esta afetando o povo em geral. Já faltam mercadorias nas prateleiras dos supermercados em vários Estados  . Em Cajati também começa já faltar mantimentos. Ate os vendedores de ovos deixaram de trabalhar por falta de mercadoria o som dos carros de ovos não são mais ouvido nas ruas da cidade.Caso a greve não termine logo a situação ira agravar muito mais pelo menos é que estamos vendo no momento.

terça-feira, 22 de maio de 2018

Morre o jornalista Alberto Dines em São Paulo

     Morreu na manhã desta terça-feira (22) o 
     jornalista Alberto Dines, aos 86 anos, em São Paulo.
Em comunicado em rede social, a equipe do Observatório da Imprensa, portal fundado por ele, informou que ele estava internado no Hospital Albert Einstein.
“Estamos preparando uma edição especial sobre o legado do Mestre Dines a ser publicada em breve”, diz comunicado.
Segundo a assessoria de imprensa do Einstein, o jornalista morreu às 7h15. A causa da morte não foi divulgada.

                                                     

Ex-vereador Milher Cicero Ramos terá foto na galeria da Câmara Municipal de Cajati


Para quem não sabe, Milher Cícero Ramos conhecido como Milher do Sindicato de Cajati, já foi vereador do município em Junho do ano 2.000 durante trinta dias substituindo na época o vereador Juca, como Milher era suplente assumiu o cargo. Notícias dão contas de que nos próximos dias a galeria de foto de vereadores que passaram pelo Plenário René Martins da Câmara municipal  vai ganhar mais uma foto desta feita do ex- vereador Milher.Durante os trinta dias de vereança diante do legislativo municipal ele encaminhou o oficio que resultou na construção da passarela da ponte do Rio Jacupiranguinha  que cruza o centro da cidade melhorando visivelmente  a vida dos transeuntes pelo local .Lembrando que durante os 30 dias Milher fez vários ofícios e requerimentos e encaminhou ao chefe do executivo da época que era Longino da Cunha. 30 dias de vereança comprometido com a população. Sua foto na galeria dos vereadores será mais do que justo bela homenagem.

Francisco Pires de Oliveira

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Sem maquina para fazer Raio X vários pacientes ficam sem atendimento no Hospital de Cajati nesta Segunda Feira

Foto Francisco Pires de Oliveira 

Quem precisou fazer exame de Raios-X no Pronto do município Cajati Vale do Ribeira, vai ter que esperar ou fazer em outro lugar. De acordo com as informações a maquina se encontra quebrada precisando de manutenção
Pacientes que estiveram nesta segunda 21 de maio ficaram sem  o serviço de atendimento. O serviço de Saúde de Cajati continua precário como sempre embora os políticos costumem fazer propagandas de que são uns dos melhores serviços de saúde do Vale do Ribeira. Lembrando que uma das maquina de Raio X- de Cajati foi comprada em 1999 pelo ex- prefeito Longino da Cunha

Reportagem Local
Francisco Pires de Oliveira

VEJA MAIS

Use do formulário ao final na página para mandar seu recado

Nome

E-mail *

Mensagem *