ULTIMA NOTICIA

Noticia de Cajati e Vale do Ribeira e Baixada Santista e Estado de São Paulo!

quinta-feira, 22 de setembro de 2016

Ricardo Madalena cobra que ARTESP cumpra prazos em obras de duplicação na SP-22



O deputado estadual do PR vem fazendo gestão junto à ARTESP para que as obras da Rodovia João Baptista Cabral Rennó, paralisadas entre os municípios de Espírito Santo do Turvo e Duartina, sejam retomadas e executadas dentro do prazo.

Preocupado com a paralisação das obras de duplicação da rodovia João Baptista Cabral Rennó (SP-225), entre os municípios de Espírito Santo do Turvo e Duartina, o deputado estadual Ricardo Madalena (PR) vem fazendo gestão junto à Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo – ARTESP – desde julho, para saber o que tem impedido a continuidade e cobrar que sejam retomadas e executadas dentro dos prazos estabelecidos.

Como parlamentar e representante da região, o deputado Ricardo Madalena afirma que está preocupado com a falta de segurança em diversas Rodovias do estado. “Tenho a obrigação como deputado, de trabalhar para garantir a segurança das pessoas e muitas de nossas estradas, por falta de investimentos ou com obras paralisadas, caso desse trecho da SP-225, oferecem perigo aos seus usuários”, avalia Madalena.

Sem prazo efetivo para retomada

Em resposta ao deputado Ricardo Madalena, o departamento de Planejamento da ARTESP fez as seguintes considerações: “Em análise preliminar do pleito, as Áreas Técnicas desta Agência discutem a retomada dos serviços e prazos para conclusão de toda a duplicação faltante (do km 242+670 ao km 209+900), incluindo os dispositivos existentes no trecho em questão”.
Para justificar o pedido de adiamento do prazo de conclusão das obras por parte da concessionária CART, a Agência de Transporte informou os seguintes argumentos: “chuvas entre setembro de 2015 e janeiro de 2016; crise econômica; instabilidade política; frustrações de tráfego e receita da concessionária; endividamento acima do previsto no contrato de concessão”.
“A paralisação dos serviços já está trazendo muitos prejuízos, uma vez que os elementos naturais estão ocasionando impactos ambientais adicionais a serem amenizados pela concessionária. Essa situação poderia ser evitada se houvesse uma gestão adequada no empreendimento”, afirma o deputado Ricardo Madalena ao concluir: “Continuaremos atentos, inclusive, porque houve mudança no prazo de entrega e a situação do canteiro de obras pode piorar”, alerta Ricardo Madalena, que é engenheiro civil de profissão.
Postar um comentário

VEJA MAIS

Use do formulário ao final na página para mandar seu recado

Nome

E-mail *

Mensagem *