ULTIMA NOTICIA

Noticia de Cajati e Vale do Ribeira e Baixada Santista e Estado de São Paulo!

sexta-feira, 2 de janeiro de 2015

Rodovias federais têm uma morte por hora no feriado de réveillon


São Paulo - A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta sexta-feira, 2, o balanço dos acidentes nas estradas federais do País durante as festas de fim de ano. De acordo com as estatísticas, houve 227 acidentes graves no feriado de réveillon, com 127 pessoas mortas nas rodovias da União. Os dados dizem respeito ao período entre 27 de dezembro e 1.º de janeiro. Dessa forma, houve quase uma morte por hora nessas rodovias.

Para a PRF, houve queda de 47% no índice de acidentes graves na comparação com o ano novo de 2014. Naquele ano, houve 4,97 acidentes a cada milhão de veículos, ante 2,61 neste ano.

O órgão federal, no entanto, não divulgou o número absoluto de acidentes graves no ano passado. As estatísticas revelam ainda que um total de 1.592 pessoas se feriram em 2.135 acidentes ocorridos nas estradas federais nesses dias.

Segundo a PRF, pelas "características das festas de réveillon, as ações integradas intensificaram as fiscalizações de combate à embriaguez e, somente nas rodovias federais, 822 pessoas foram flagradas dirigindo após consumir bebida alcoólica". No total, 135.649 pessoas foram fiscalizadas pelos agentes federais.

Nos dias que antecederam o feriado de Natal, houve 3.258 acidentes, com 2.224 feridos e 183 mortos nas rodovias federais. A PRF não divulgou dados do mesmo período do ano passado.

Em nota, a polícia informou que, ao contrário do que se possa pensar, "o feriado da virada de ano é menos violento nas rodovias federais do que o período das festas natalinas". O Natal, divulga a PRF, tende a ser marcado por reuniões familiares e, "para muitas famílias, inicia também o período de descanso e as viagens de férias, com retorno já em meados de janeiro".

"Dessa maneira, na saída para o Natal o movimento nas estradas é concentrado e uniforme, com fluxo intenso de veículos em todas as BRs, ao contrário do que ocorre na época das festas de réveillon, quando o volume de tráfego é direcionado para as regiões litorâneas", acrescentou o órgão.

Atropelamentos

Nas estradas federais que cortam o estado de São Paulo, a preocupação ficou concentrada nos atropelamentos. Das seis mortes registradas no período, quatro foram por atropelamento. Nas rodovias paulistas aconteceram 155 acidentes, sendo 10 deles graves, que deixaram ainda 57 feridos. Os números são menores do que as estatísticas do feriado do Natal, quando ocorreram 225 acidentes, que deixaram 105 feridos e 8 mortos.

VEJA MAIS

Use do formulário ao final na página para mandar seu recado

Nome

E-mail *

Mensagem *