ULTIMA NOTICIA

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Moradores do Bairro Parafuso em Cajati reclamam de cheiro de esgoto depois da construção de obra da Sabesp

"Foto Francisco Pires de Oliveira"
                                                   Reportagem Francisco Pires de Oliveira
Os moradores do Bairro Parafuso no município de Cajati no Vale do Ribeira no Estado de São Paulo estão sem saber o que fazer depois que a Sabesp empresa de "Saneamento Básico do Estado de São Paulo", construiu sem nenhum planejamento uma estação de tratamento para capitação de esgoto de aproximadamente de cerca de 50 residências que não tinham serviço de esgoto tratado pela empresa no Bairro Parafuso. Desde quando a bomba começou funcionar um forte cheiro de esgoto tomou conta da rua e esta trazendo grande transtorno aos moradores do bairro que não sabem o que fazer, pois reclamam, mas a Sabesp e prefeitura do município não tomam providência para amenizar a situação que é de saúde publica e vem sendo tratado com pouca importância pelas autoridades.De acordo com os moradores do bairro o sistema de tubulação da elevatória  é antigo de manilha de  apenas quatro polegada que não são mais permitido  para esse tipo de serviço de esgoto e quando a bomba liga todos os detritos dessas casas são bombeados para o sistema que não comporta devido a sua fragilidade e com isso os esgotos acabam estourando a elevatória ou entupindo e  as vezes sobrando nas caixa de injeção  de algumas residências que estão da mesma rua.Desde o inicio de novembro que varias pessoas passaram a reclamar  do problema junto empresa Sabesp.Neste ultimo dia depois de varias reclamações feita por um usuário a empresa esteve no local e obstruiu a rede consertando canos danificados e o problema foi parcialmente resolvido e os retornos de esgotos  nas caixas de inspeção acabaram pelo menos ate o momento. Mas quanto o mal cheiro vai continuar ate que uma nova elevatória seja construída nessa rua só assim viria atender em definitivamente a demanda dos moradores do bairro.A prefeitura municipal e Sabesp não conseguem melhorar o problema de esgoto no município de Cajati embora conte com uma lagoa de tratamento de esgoto construída desde 1.999 pelo ex- prefeito Longino da Cunha,quando todos imaginavam que com isso viria resolver o problema de jogar esgoto nos córregos  mas ainda o serviço continua funcionando de forma precária pois parte dos esgotos de alguns bairros são jogados no Rio Jacupiranguinha que cruza ao meio da cidade.Para provar essa dura realidade, vejam esgotos do bairro do parafuso sendo despejados no rio da cidade.Mas detalhes nas próximas horas.

Reportagem local
Francisco Pires de Oliveira

VEJA MAIS

Use do formulário ao final na página para mandar seu recado

Nome

E-mail *

Mensagem *