ULTIMA NOTICIA

Noticia de Cajati e Vale do Ribeira e Baixada Santista e Estado de São Paulo!

sábado, 9 de agosto de 2014

Poluição do ar matará 43 pessoas por dia em São Paulo, estima pesquisa da USP

Problema ainda provocará internação de um milhão e gasto público de mais de R$ 1,5 bilhão

A poluição atmosférica vai matar até 256 mil pessoas nos próximos 16 anos no Estado, ou seja, uma média de quase 44 pessoas por dia. Nesse período, a concentração de material particulado no ar ainda provocará a internação de um milhão de pessoas, e um gasto público estimado em mais de R$ 1,5 bilhão, de acordo com projeção inédita do Instituto Saúde e Sustentabilidade, realizada por pesquisadores da USP. A estimativa prevê que ao menos 25% das mortes, ou 59 mil, ocorram na capital paulista.

Os resultados indicam que, no atual cenário, a poluição pode matar até seis vezes mais do que a aids ou três vezes mais do que acidentes de trânsito e câncer de mama. A população de risco, ou seja, as pessoas que já sofrem com doenças circulatórias, respiratórias e do coração, serão as mais afetadas, assim como crianças com menos de 5 anos que têm infecção nas vias aéreas ou pneumonia.

Entre as causas mais prováveis de mortes provocadas pela poluição, o câncer poderá ser o responsável por quase 30 mil casos até 2030 em todos os municípios de São Paulo. Asma, bronquite e outras doenças respiratórias extremamente agravadas pela poluição podem representar outros 93 mil óbitos, já contando a estimativa de crianças atingidas no período.
Postar um comentário

VEJA MAIS

Use do formulário ao final na página para mandar seu recado

Nome

E-mail *

Mensagem *