ULTIMA NOTICIA

CAMERA NEWS

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Candidato à Presidência Eduardo Campos morre em queda de jato


O candidato à Presidência Eduardo Campos (PSB) morreu em um acidente aéreo em Santos na manhã desta quarta-feira. A informação foi confirmada à deputada Jandira Feghali (PC do B)  pelo deputado Romário (PSB), candidato ao Senado na chapa de Campos. A queda da aeronave matou o presidenciável e mais seis pessoas. Pelo menos dez pessoas ficaram feridas

De acordo com a direção do PSB, além de Campos, estavam no avião Geraldo da Cunha e Marcos Martins que seriam piloto e co-piloto da aeronave. Pedro Valadares (ex-deputado e assessor do candidato), Alexandre Severo Silva (fotógrafo da campanha), Carlos Augusto Leal Filho (assessor de imprensa) e Marcelo Lira (cinegrafista), que integravam a campanha do candidato. O acidente não deixou sobreviventes entre os que estavam à bordo da aeronave. A candidata Marina Silva, vice da chapa de Eduardo Campos, não estava no voo.

A mulher de Eduardo Campos, Renata Campos, está em casa, no Recife (PE), ao lado dos cinco filhos. Eles deixaram o Rio na manhã desta quarta em voo comercial.

Eduardo Campos era economista, tinha 49 anos e estava em terceiro lugar nas pesquisas de intenção de voto.

Um dos últimos compromissos do candidato foi a entrevista ao Jornal Nacional na noite desta terça-feira.

Avião arremeteu por causa do mau tempo

O jato modelo Cessna 560 XL prefixo PR AFA  decolou do Rio de Janeiro às 9h21 em direção a Guarulhos e caiu no bairro Boqueirão, área nobre da cidade de Santos, no litoral de São Paulo.

VEJA MAIS

Use do formulário ao final na página para mandar seu recado

Nome

E-mail *

Mensagem *